Grafoconsciencioterapia aplicada à Superação da Mágoa

  • Liege Trentin

Resumo

Este artigo tem por objetivo apresentar a autovivência sobre o mecanismo
de desconstrução da mágoa através da técnica da autoaplicação grafoconsciencioterápica. A metodologia utilizada inclui pesquisa bibliográfica e o relato da autoexperiência na modalidade consciencioterápica intensiva, a que se submeteu a autora, na Organização Internacional de Consciencioterapia (OIC). O estudo de casos evidencia-se pelo
método comparativo: diferenças (contraponto) e semelhanças (convergência). A autopesquisa desenvolvida possibilitou, além da autossuperação e profilaxia da mágoa,
a preparação para a autoconsciencioterapia avançada. A partir dos resultados obtidos,
conclui-se que a autoaplicação grafoconsciencioterápica é técnica eficaz para o autodesassédio e a ressignificação pensênica.

Publicado
2020-02-21
Como Citar
TRENTIN, Liege. Grafoconsciencioterapia aplicada à Superação da Mágoa. Revista Conscientiotherapia, [S.l.], v. 8, n. 9, p. 14, fev. 2020. Disponível em: <http://conscientiotherapia.org.br/index.php?journal=revista&page=article&op=view&path%5B%5D=127>. Acesso em: 17 ago. 2022.