Autoconsciencioterapia Aplicada ao Narcisismo

  • Luiz Roberto Ferreira

Resumo

O narcisismo constitui-se como um traço ou diagnóstico de transtorno de personalidade caracterizado pelo egocentrismo, individualismo, arrogância, perfeccionismo e ânsia por aprovação alheia. O objetivo deste trabalho é compreender a manifestação do narcisismo enquanto um traço da personalidade humana, procurando estabelecer conexão com nível de cosmoética e apresentar estratégias autoconsciencioterápicas, além de poder ajudar o leitor a fazer autodiagnóstico destapatologia consciencial. A metodologia empregada é fundamentada na autoconsciencioterapia do autor durante o período de formação para consciencioterapeuta e revisão bibliográfica sobre o tema. Conclui-se que o narcisismo, tanto como traço ou diagnóstico de transtorno de personalidade, apresenta problemas na intencionalidade denotando algum nível anticosmoético do portador, que se afasta da assistencialidade legítima uma vez que ainda pede muito para si. Posturas e ações altruístas considerando o outro, além da cosmoética vivenciada como fundamento do Código Pessoal de Cosmoética, podem ser valiosas vacinas contra a imaturidade consciencial, ínsita ao narcisismo, levando o portador da patologia direção à heterassistência qual remédio intraconsciencial, através do processo autoconsciencioterápico.

Publicado
2017-12-15
Como Citar
FERREIRA, Luiz Roberto. Autoconsciencioterapia Aplicada ao Narcisismo. Revista Conscientiotherapia, [S.l.], v. 3, n. 3, p. 109-119, dez. 2017. Disponível em: <http://conscientiotherapia.org.br/index.php?journal=revista&page=article&op=view&path%5B%5D=54>. Acesso em: 20 jun. 2024.