Autoconsciencioterapia aplicada à Autossujeição na Relação Afetivo-Sexual

  • Ermania Ribeiro

Resumo

Este artigo objetiva compreender a manifestação da autossujeição na relação afetivo-sexual e apresentar técnicas autoconsciencioterápicas utilizadas pela autora na busca da remissão desta patologia. A metodologia da pesquisa está fundamentada no Paradigma Consciencial, na revisão bibliográfica sobre dupla evolutiva e no levantamento de dados da autoconsciencioterapia da autora. O artigo está estruturado em duas seções: I. Relação afetivo-sexual e II. Autoconsciencioterapia. Conclui-se que a autocura da parapatologia da autossujeição na relação afetivo-sexual requer despojamento para o autoenfrentamento das posturas anacrônicas e investimento no relacionamento íntimo saudável através da aplicação da técnica da dupla evolutiva para promoção da autossuperação com foco no exercício do binômio admiração-discordância.

Publicado
2017-12-20
Como Citar
RIBEIRO, Ermania. Autoconsciencioterapia aplicada à Autossujeição na Relação Afetivo-Sexual. Revista Conscientiotherapia, [S.l.], n. 5, p. 28-41, dez. 2017. Disponível em: <http://conscientiotherapia.org.br/index.php?journal=revista&page=article&op=view&path%5B%5D=75>. Acesso em: 17 ago. 2022.
Seção
Autoconsciencioterapia