Desenvolvendo a Anti-irritabilidade pela Aplicação do Irritaciograma:

Resultados Iniciais

  • Maximiliano Haymann

Resumo

Este trabalho analisa os resultados de 60 aplicações do teste Irritaciograma, instrumento experimental de autodiagnóstico consciencioterápico da irritação. É revista a teoria do estado de irritação e da irritabilidade com enfoque no Paradigma Consciencial, para então introduzir o conceito de limiar de anti-irritabilidade e na sequência são apresentadas as características principais do instrumento. Os primeiros resultados sugerem a existência dos mecanismos mais frequentes da irritação em geral, porém também indicam haver necessidade de adequações, especialmente para medir adequadamente o efeito do heteroassédio na irritabilidade. O instrumento ainda não passou procedimentos de validação, contudo já apresenta real valor autoconsciencioterápico, podendo auxiliar o evoluciente na identificação dos mecanismos parapatológicos da irritação pessoal, ampliando a autocognição e obtendo direcionamentos mais eficazes para o autoenfrentamento do trafar.

Publicado
2017-12-21
Como Citar
HAYMANN, Maximiliano. Desenvolvendo a Anti-irritabilidade pela Aplicação do Irritaciograma:. Revista Conscientiotherapia, [S.l.], v. 6, n. 6, p. 15-31, dez. 2017. Disponível em: <http://conscientiotherapia.org.br/index.php?journal=revista&page=article&op=view&path%5B%5D=83>. Acesso em: 20 jun. 2024.
Seção
Consciencioterapia Clínica